19 de ago de 2010

Sumiço Justificável

Uau! Já faz mais de um ano que não posto nada neste blog!... O tempo, realmente, voou.

Mas, a principal justificativa para esse sumiço é louvável. Há um ano venho trabalhando bastante na produção de festas com a Bolo.Balão.Diversão!! e, por conta disso, minha porção blogueira acabou vinculada ao blog do negócio.

Portanto, para ver o que andei fazendo nesse período, dê um pulinho lá no www.bolobalaodiversao.com.br . Eu vou ficar duplamente feliz com a sua visita!

Beijos,

Ana LuX

2 de ago de 2009

Para festejar na primavera

Seguindo a inspiração das fadas, criei esta mesa bem primaveril. Verde claro, rosa claro e cereja dão o tom da decoração, onde não podem faltar muitas flores, bichinhos de jardim, casinhas de madeira e bonequinhas de porcelana. 100% aprovada pelas "Princesas da Primavera": Beatriz (12/11), Letícia e Giovanna (28/09) - e as respectivas mamães.

Ainda no mundo das fadas...


Opção em amarelo, verde e branco.

20 de jul de 2009

Sim, eu acredito em FADAS!

Estou às voltas com o mundo das fadas. Nas últimas semanas, esse tema de festa me foi solicitado três vezes. Pode ser efeito Disney, pelo recente lançamento do filme de animação "Tinkerbell". Mas, a verdade é que adoro a magia e o encantamento associados a essas criaturinhas e, realizar uma festa com esse tema é poder "viajar" pelo reino da fantasia.

Como sempre, tenho buscado inspiração na internet. Há muita coisa interessante, especialmente em sites/blogs americanos. Mas, o que eu gosto mesmo é de pôr a mão na massa e criar, usando a minha própria imaginação. Assim, depois de uma ida rápida à 25 de Março, voltei com um pequeno arsenal de objetos para a montagem de uma mesa-base para o meu processo criativo. Aqui vão algumas fotos:











O QUE NÃO PODE FALTAR NUMA FESTA DE FADAS:
1. Flores coloridas
2. Brilho (purpurina, glitter, luzinhas, cristais, etc.)
3. Cogumelos
4. Folhagens, musgos, pedras... elementos naturais
5. Bolhas de sabão
7. As cores do arco-íris
8. Borboletas, libélulas, joaninhas, bezourinhos e outros bichinhos da floresta
9. Tule e tecidos translúcidos
10. Tiaras floridas, asinhas e varinhas de condão
11. Música celta ou similar (para criar um clima de magia)
12. Suave perfume de bosque no ambiente
13. Fadas e duendes, of course!
14. Quitutes mágicos e saborosos
15. Bebidinhas frescas e naturais
16. Detalhes ecológicos: do convite à lembrancinha.
17. Muita magia e encantamento
...
Ao realizar festas assim sinto-me como uma fada a realizar o desejo de alguém para um dia muito especial. Espero, em breve, colocar minha varinha de condão e, num passe de mágica... PIRLIMPIMPIM!... fazer uma princesinha sorrir.
Beijos mágicos,
Ana LUX

3 de jul de 2009

Filha de Peixe...

Hoje, apesar da chuva incessante e do frio úmido, passei momentos muito agradáveis com minha filha. Por conta de uma virose*, ela não foi à escola. Amanhã é seu último dia de aula antes das férias e acho que, na verdade, esse mal-estar é fruto de cansaço. Chega uma hora que, assim como nós adultos, as crianças precisam sair da rotina, parar. Mesmo quando essa rotina envolve, mais do que tudo, brincar. Mas, são brincadeiras sistemáticas, acompanhadas de atividades didáticas que, sim, podem cansar mesmo quando se tem quatro anos de idade.

À tarde, como já sentia-se melhor, trocou o descanso pelo trabalho. Vendo que eu trabalhava em meu escritório (ou home-office para alguns), resolveu fazer-me companhia. É claro que minhas atividades ficaram, por isso, para escanteio. Assim, sugeri que criássemos um espaço no escritório para ela também. Dessa forma, poderíamos trabalhar juntas, criando festas para a Bolo.Balão.Diversão!!.

E não é que deu certo! Ganhei uma Assistente muito criativa e cheia de ideias. Ficamos assim, "trabalhando", até a hora do jantar.

À noite, porém, ela resolveu organizar uma festa. O tema foi "Michael Jackson" - como não poderia deixar de ser, pelo tanto que tem ouvido e visto (e adorado!) nos últimos dias. Os convidados foram o papai e eu. Seu quarto virou uma discoteca, com iluminação especial feita com luzinhas de Natal (que já fazem parte da decoração e que mostrarei em outro post), comes e bebes de mentirinha, muito bem arrumados e de acordo com o tema, ao som - é claro - do CD "Thriller". Já vestidos de pijama, dançamos e cantamos muito, fazendo as coreografias dos vídeos.

Na hora de dormir, ainda sob o efeito da "balada", fizemos um brainstorm para uma festa de verdade. Ela quer chamar as amiguinhas para uma "discoteca de princesas" nas férias. O comichão começou a me pegar e dalí surgiram várias ideias bem interessantes que, em breve, postarei aqui.

Contudo, e para variar, esqueci de fotografar esses momentos. Fiquem com as fotos do novo "quistório" da Beatriz. Ah! E, se quiser organizar um evento especial, já sabe onde encontrar ajuda!



Beijos,

Ana LuX

* Não sou muito fã do termo "virose", que muitos médicos - por falta de uma palavra/explicação melhor - resolveram adotar para a maioria das enfermidades passageiras e sem causas definidas. Mas, como este post não é sobre medicina, vai "virose" mesmo.

2 de jul de 2009

Vinte anos sem Michael Jackson























Esta foto foi tirada em julho de 1989, ou seja, há exatos 20 anos. Naquela época, Michael Jackson, assim como Madonna, era o ídolo-mor dos adolescentes ao redor do planeta. E, como sou fã de cultura pop, não poderia deixar de fazer parte desse grupo.

Na Calçada da Fama da Hollywood Boulevard, fiz questão de posar sentada sobre a estrela do ídolo que, então, já começava a esboçar mudanças que mais tarde não me agradariam tanto.

Alguns anos antes disso, por volta dos meus 12-13 anos, quando "Thriller" era um must em todas as festinhas, tentava aprender suas coreografias. Ainda não havia MTV em Terras Brasilis e, por isso, só nos restava torcer para que o vídeo passasse no "Som Pop", da TV Cultura. O programa era semanal, aos sábados à tarde, e tínhamos poucos minutos para decorar os passos de Thriller, Beat It e Billy Jean.

Em uma ocasião, organizamos uma festa de Halloween na garagem/salão de festas da casa onde morava. A decoração, as fantasias e, principalmente, as músicas foram inspiradas no famoso vídeo. Como principal atração da noite, ensaiei um grupo de amigos para apresentarmos a coreografia. Na hora H, sobrou para mim uma perfomance solo. Transformei-me em Michael Jackson com a ajuda de muitos bobs no cabelo, uma calça vermelha de brim emprestada e uma jaqueta de nylon vermelha com fita isolante preta, criando o figurino do clip. Luz negra, globo espelhado, luzes estroboscópicas e coloridas criaram efeitos especiais e ajudaram a criar o clima. No meio do salão, deixei a timidez adolescente de lado e - modéstia à parte - arrasei! (pena que, na época, máquinas fotográficas eram artigos de luxo e não me lembro de ninguém ter tirado fotos do acontecimento - ficando apenas a lembrança e a saudade)

Bem, o tempo passou e todos mudamos. Uns para melhor e outros nem tanto. O ídolo morreu e com sua morte trouxe muitas lembranças. Ao assistir os programas sobre sua carreira, choro. Nem tanto por ele - pois, para mim, aquele MJ de outrora já havia morrido há muito tempo -mas, principalmente, porque com ele foi-se uma parte da minha adolescência. R.I.P.

Ana LuX

11 de jun de 2009

Uma fria e chuvosa tarde de quarta-feira



Uma tarde como essa pede ou não pede um cafezinho com bolo de fubá? Ou um chazinho com biscoitinhos... Hummmmm! (acho que estou com fome)